Madrid é uma cidade intensa, com muito património histórico e cultural para ver, e muitas Tapas para “picar”!

Fiquei impressionada com a forma como os monumentos estão bem cuidados e limpos, o que conjugado com ruas limpas e um belo sol, torna Madrid uma cidade muito bela!

Posso dizer que consegui ver muita coisa em 2 dias a pé de um lado para o outro, mas acumulei cerca de 40km, o que foi óptimo pois não deu tempo às Tapas de assentarem onde não deviam! 😅

Como ir do Aeroporto ao Centro?

Dependendo de qual é a sua prioridade nesta viagem, dinheiro ou tempo, poderá optar por transportes públicos, ou por um Táxi 🚕 / Uber.

De transportes públicos, terá que apanhar o Metro que demora cerca de 45 minutos até chegar ao centro.

Eu fui com mais 3 pessoas, pelo que decidimos partilhar um Uber, o que demorou cerca de 20 minutos, e ficou bastante económico – cerca de 7€ por pessoa. Sei que não foi a opção mais ecológica 😔 mas depois compensei durante a estadia, pois andei a pé para todo o lado! 🙌🏃‍♀️

Há ainda outra forma de ter um Transfer directamente do aeroporto para o seu alojamento, ao comprar este Madrid City Pass.
Com este Passe não só tem acesso ao Transfer do aeroporto, como também:
– Bilhetes sem fila para o Estádio do Real Madrid;
– Bilhetes sem fila para o Museu do Prado;
– Bilhete para o Autocarro Hop on Hop off de 24h;
– 20% de desconto na compra de outras atracções no site da Ticketbar.

Comprar o City Pass de Madrid

A não perder em Madrid:

1. Palácio Real de Madrid

Vista da Plaza de la Armería (Palácio Real de Madrid)
Vista da Plaza de la Armería

O Palácio Real de Madrid é um lugar de grande imponência, pois não só apresenta uma estrutura muito bem cuidada, como é rodeado por vários jardins, e pela sede episcopal da diocese de Madrid, uma Catedral belíssima que falarei no ponto 2.

Os Jardins Sabatini ficam nas traseiras do Palácio, enquanto que os Jardines del Cabo Noval apresentam-se na parte da frente, do outro lado da estrada.

Jardines del Cabo Noval (frente do Palácio Real de Madrid)
Jardines del Cabo Noval
Jardins Sabatini (traseiras do Palácio Real de Madrid)
Jardins Sabatini

As filas de espera podem ser muito extensas, e roubar-lhe 2h ou mais das suas férias, pelo que aconselho vivamente a comprar os seus bilhetes com antecedência aqui, ou clicando na imagem abaixo.

Comprar Bilhetes para Palácio Real de Madrid

Com estes bilhetes, vá para a fila do lado esquerdo, que é específica para quem já tem bilhetes e apenas precisa de passar a segurança.

2. Catedral de Santa Maria la Real de la Almudena

Interior Catedral de Santa Maria la Real de la Almudena

O interior desta Catedral fascinou-me! É todo muito simples em termos de materiais, de pedra, com uma cor homogénea, de onde se destacam nas alturas estas pinturas fantásticas. Aconselho vivamente a visitar, e a entrada é gratuita.

3. Porta do Sol

Porta do Sol em Madrid
Porta do Sol

Esta praça, tem o nome de Porta do Sol porque era onde se situava o antigo “portão” da cidade, de acordo com o que nos contaram numa daquelas divertidas Free Walking Tours.
Consegue tornar-se um pouco confusa por ter muita gente, mas tem um ambiente fantástico, de festa, pois está cheia de artistas de rua. Nós tivemos a sorte de assistir a um grupo de música mexicana, muito bem caracterizado!

Artistas na Porta do Sol

É nesta praça que também podemos encontrar o famoso símbolo de Madrid, “O Urso e o Medronheiro”. Mas atenção que passa despercebido! Eu pensei que a estátua era maior, mas podemos encontrá-la no lado esquerdo da estátua de Carlos III, quem olha na mesma direcção que o cavalo.

Estátua Oso Y El Madroño em Madrid
Estatua del Oso Y El Madroño – “O Urso e o Medronheiro”

4. Parque de El Retiro

Parque de El Retiro (Angel Caido) em Madrid
Entrada pela Puerta del Angel Caido

O Parque de El Retiro fica do outro lado da cidade, oposto ao Palácio Real, e tem uma extensão bastante vasta. Parece-me um óptimo sítio para umas belas corridas ou caminhadas – pelo menos foi logo o que eu pensei fazer se vivesse em Madrid! 😛
Os dois pontos mais conhecidos deste parque são a Fonte do Anjo Caído e o Palácio de Cristal, que infelizmente nós não conseguimos visitar pois estava fechado para a montagem de uma exposição que ia receber em breve.

Palácio de Cristal Madrid
Palácio de Cristal ao final do dia

Para além de actividade física, este parque também convida a relaxar numa das esplanadas que encontramos junto ao lago “Estanque Grande del Retiro”.

5. Plaza Mayor

Plaza Mayor Madrid
Plaza Mayor

Uma praça cheia de restaurantes ao redor, e lojas de “recuerdos” escondidas debaixo de cada arcada, é uma praça com muito charme. Fez-me lembrar de imediato a A Praça do Mercado Velho (Stary Rynek) em Poznan, Polónia.
Apesar da oferta, não experimentámos nenhum dos restaurantes em volta, pois estávamos desejosos de experimentar o Mercado de San Miguel.

6. Mercado de San Miguel

Neste mercado, os olhos não conseguem parar de comer! Nem os olhos, nem a barriga! 😅 Diversas bancadas apresentam vários tipos de Pinchos e Tapas, e o meu conselho é exactamente experimentar um bocadinho de tudo o que der. É difícil arranjar lugar para sentar, o que é chato se a sua ideia é ficar a desfrutar da refeição e conversa. Mas, se o seu objectivo é provar sabores diferentes, combinações de ingredientes especiais, a um preço acessível, tem de vir ao Mercado de San Miguel!

Pinchos Mercado de San Miguel Madrid
Pinchos no Mercado de San Miguel

7. Museu do Prado

Museu do Prado Madrid
Museu do Prado

O Museu do Prado é um dos museus mais importantes do mundo, mandado construir por Carlos III. Apresenta obras de diversos artistas, como Rembrandt ou Diego Velázquez, e é um sítio a não perder para os apreciadores de arte. Eu confesso que não o visitei, pois para o apreciar como deve ser pode levar um dia inteiro, o que não dava jeito numa escapadela de 2 dias.
Para evitar as longas filas de espera na bilheteira, compre os seus bilhetes em avanço clicando na imagem abaixo.

Comprar bilhetes Museu do Prado Madrid

8. Museo Reina Sofia

Museu Reina Sofia Madrid
Museu Reina Sofia

Confesso que estava ansiosa para visitar este museu pela obra de Pablo Picasso, “Guernica”! Contudo, à parte desta obra, fiquei desiludida com esta atracção pois senti uma grande desorganização na forma como devíamos conduzir a visita. Como não tenho grande conhecimento das correntes artísticas que residem no Museu Reina Sofia, senti-me perdida e não consegui apreciá-lo como estava à espera. No entanto, continuo a achar que é uma das atracções mais características de Madrid que não pode perder, principalmente se for um apreciador de arte. Aos Domingos a visita é gratuita, mas se não tiver a sorte de estar por Madrid nessa altura, compre os seus bilhetes aqui.

Se ainda sobrar tempo…

Edifício Metropolis na Gran Vía Madrid
O Edifício Metropolis fica na esquina entre as duas famosas Gran Vía e Calle de Alcalá, e quanto a mim é um elemento que embeleza ainda mais esta zona!
Puerta de Alcalá Madrid
A famosa Puerta de Alcalá à noite – surge no final da Calle de Alcalá e tem uma vista imponente!
Beber Tinto Verano em Madrid
Para refrescar das caminhadas entre as diversas atracções, aconselho a acompanhar as tapas com um belo Tinto Verano, que é a mistura mais típica em Madrid!

“El Rastro” é o mercado de rua mais importante em Madrid, e acontece aos Domingos e Feriados no famoso bairro La Latina! Nós ainda tivemos a oportunidade de o visitar antes de regressar a Lisboa, e deu bastante jeito para as prendas de última hora!

Onde ficar?

Sendo 4 pessoas, alugámos um Airbnb numa zona que nos permitiu ir a pé para todo o lado, na Calle Ángel. Daí demorávamos cerca de 10min a pé a chegar aos pontos mais turísticos e importantes, pelo que é uma área onde aconselho ficar.
Muito perto da nossa rua, encontrámos este Café “El Viajero” fantástico, que tem uma óptima vista e ambiente, onde aconselho a tomarem um belo pequeno almoço! Foi a nossa despedida antes de ir para o aeroporto. 🙂

Mais informação – comprar bilhetes!

Se tiver alguma questão sobre a viagem a Madrid, não hesite em contactar-me! Coloque as suas dúvidas nos comentários abaixo, ou envie-me uma mensagem. E se quiser visitar algum museu ou lugar que eu não tenha mencionado aqui, veja aqui se encontra os bilhetes ou a informação que está à procura! Ao comprar através deste meu link não tem nenhum custo extra, mas eu recebo uma comissão, o que é bastante útil para alimentar este meu projecto e poder continuar a desenvolver este Blog! Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *