Praticamente todos os dias nos deparamos com esta escolha, seja no nosso quotidiano ou quando estamos em viagem e não temos à disposição os produtos a que estamos habituados. No entanto, qual é o material mais sustentável?
Para garantir que fazemos as melhores escolhas para o ambiente e para a nossa saúde, decidi escrever este artigo para esclarecer qualquer dúvida!

É importante percebermos que os três elementos têm um impacto no nosso planeta devido à perturbação causada nos habitats e ecossistemas quando exploramos as matérias primas.

Todos consomem energia no seu transporte, processamento e transformação (mesmo quando estamos a falar da sua reciclagem e não apenas da sua extracção original). Cada um gera emissões de gás em proporções diferentes, e a quantidade de material recuperado e aproveitado na sua reciclagem também varia. Assim sendo, não existe sempre uma resposta linear sobre qual destes três materiais é o melhor para consumir, mas é possível perceber que há escolhas mais acertadas considerando o Impacto Ambiental total de cada um.

O Pior dos Três

Podemos imediatamente eliminar um dos três elementos, que não é nem bom para o planeta, nem para a nossa saúde – o Plástico.
Em 2013, um estudo da International Bottled Water Association mostrou que eram gastos 1.39 litros de água para engarrafar 1 litro de água.
A nível de energia, em 2007 a produção de garrafas de água utilizava entre 32 e 54 milhões de barris de petróleo, o que significava maiores emissões de CO2 do que aquela gerada por mais de um milhão de carros na estrada.
Mesmo as garrafas que chamamos recicláveis, demoram cerca de 450 anos a desaparecer e a sua fotodegradação liberta químicos tóxicos para o ambiente.

Lixo de Garrafas de Plástico
Plastic Bottles
Garrafas de Plástico

A luta mais renhida

Tanto o Vidro como o Alumínio são totalmente recicláveis!

De acordo com a Aluminum Association, em 2012, 70% das latas de alumínio foram produzidas de alumínio (totalmente) reciclado, o que permitiu poupar dinheiro e energia. Mas antes da sua reciclagem, a produção original de alumínio liberta dióxido de enxofre e óxido de nitrogénio, que são dois gases tóxicos responsáveis pelas famosas chuvas ácidas e pelo smog.

Lata de Coca-cola
Coke Can
Lata de Coca-Cola

A produção tanto de um como do outro danificam o planeta através da extracção do minério principal que os compõe: o calcário (vidro) e a bauxite (alumínio), mas o impacto ambiental da extracção da bauxite é maior.

O alumínio despende menos energia do que o vidro no transporte, por ser mais leve. Como o vidro se pode partir mais facilmente, não pode ser arrumado de uma forma “tão apertada”, enquanto que as latas de alumínio cabem em espaços menores, pelo que exigem um menor consumo de combustível.

Garrafas de Vidro

A Escolha Final

Tendo em mira apenas qual o material mais amigo do ambiente:

Se for Alumínio Reciclado
Se for Alumínio Novo
A sua primeira escolha deve ser o alumínio, porque a sua pegada ecológica no transporte é baixa e a facilidade de reciclar é elevada.
A sua primeira escolha deve ser o vidro, que é feito de matérias primas inócuas, enquanto que o alumínio não reciclado exige a extracção de bauxite, o que é prejudicial para o planeta e nada eco-friendly.

Tendo em conta o material amigo do ambiente e da nossa saúde directamente:

Vidro
O vidro é um material que não liberta químicos para os alimentos ou
líquidos que contém, e pode ser reciclado vezes sem conta sem perder a
sua qualidade. A pegada ecológica do seu transporte é o único ponto
contra.
Garrafa de Alumínio Reutilizável
Reusable Bottle
Garrafa de Alumínio Reutilizável

Portanto, a melhor opção no meio destas dicas todas, é arranjar uma garrafa reutilizável, que leve sempre consigo para o trabalho, para as férias e para o desporto, de preferência de vidro ou de alumínio reciclado, e não muito pesada. 🙂

Pode escolher uma com a Mind the Trash, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *